GUIAS RÁPIDOS

Tilt-Shift

Tilt-Shift é uma técnica fotográfica baseada numa lente particular. O efeito desejado simula miniaturas, como que se o que estivéssemos a fotografar não fosse mais do que um cenário pré-concebido e montado, com recursos a “bonecos” e outros elementos em tamanho pequeno a simular o original.

Muitos destes apetrechos podem ser encontrados em lojas modelismo como o caso de lojas onde se vendem comboios elétricos, ou outros. É comum para os amantes destas modalidades construírem mini-cidades para embelezar todo o investimento.

 
maxresdefault

Este é um exemplo do que é possível fazer quando o gosto pelo modelismo atinge níveis elevados…

Obviamente que se estamos a abordar o tema “fotografia”, o modelismo pode não ter espaço na nossa abordagem. Visto que este projeto contempla soluções de baixo custo, não é certamente lógico utilizar cenários pré-concebidos, recorrendo a materiais caros para criar um efeito fotográfico…

Ainda assim, o Tilt-Shift recorre-se basicamente de um tipo de lente específica. Uma lente especial, criada simplesmente para este efeito e que está fora do alcance de muitas bolsas. O efeito é simples de explicar e ainda melhor de se ver. Consiste em ter uma área, normalmente uma faixa (horizontal, vertical ou diagonal, dependendo da imagem que estamos a tratar), focada e as restantes zonas da imagem desfocadas. Na teoria é difícil de perceber como é que estas formatações podem dar um efeito miniatura a uma imagem, mas se recorrermos a um exemplo prático, facilmente compreendemos:

2918799953_be58a0d071_o

 

A lente Tilt-Shift assenta em duas premissas: denomina-se “Tilt” à capacidade da lente se deslocar em efeito panorâmico, sem que a máquina se mova; e “Shift” ao movimento executado pela lente sobre um eixo, também sem que a máquina se mova…

tilt-on-1ds3-1

A própria utilização de uma lente deste tipo requer muita experiência e prática. Há mesmo fotógrafos profissionais que, inicialmente, têm dificuldade em adaptar-se a este equipamento. Há obviamente um conjunto de tutoriais que nos ensinam a criar lentes Tilt-Shift através de técnicas DIY (Do It Yourself – Faz tu mesmo), mas ainda assim requer a adulteração da estrutura física de uma lente pelo que não é um processo aconselhado para quem está a iniciar-se no mundo da fotografia.

O mais comum, nos dias de hoje, é recorrermos ao software. Programas como o Photoshop ou outros de edição de imagem, permitem-nos “adulterar” a imagem e simular o efeito desejado. Outras técnicas poderão ser seguidas e adotadas para a criação do efeito Tilt-Shift, mas o mais rápido, básico e gratuito é o site “TiltShiftMaker“.

Aqui, apenas temos de indicar (por upload ou por referência ao URL da imagem desejada) qual a base que vamos utilizar para trabalhar.

Captura de ecrã 2015-10-5, às 23.46.23

Em seguida podemos “brincar” com as configurações que farão desta fotografia o nosso produto final. Podemos alterar o tamanho da zona “focada”, o nível de desfocagem das restantes zonas, bem como a força da transição entre a zona “focada” e as “desfocadas”. Por último, assim que chegarmos a uma imagem que seja a mais aproximada possível à desejada, podemos fazer o download do ficheiro final.

Captura de ecrã 2015-10-5, às 23.48.07

Uma técnica que, mesmo recorrendo a software, não pode/deve ser aplicada a qualquer imagem. Há questões que devem ser salvaguardadas para que o resultado final sirva o propósito a que se destina. Deve a fotografia ser tirada de um ponto mais elevado que a ação, deve contemplar alguma distância do objeto e uma elevada sensibilidade para idealizar o produto final. Assim, será mais fácil obter uma imagem Tilt-Shift o mais aproximada à realidade possível. … e depois temos a prática, que deve ser uma constante em tudo o que envolve a fotografia.

Usem e abusem deste tutorial e apresentem os vossos trabalhos. Obrigado, boa semana e Boas Fotos!

Artigos que podem interessar

    Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia