OPINIÃO

Perfil Social – a porta para novos negócios

Pode ser um tema muito ambíguo, talvez até venha a despropósito, mas o certo é que só damos a primeira impressão uma vez na vida. As redes sociais têm vindo a ser usadas com uma finalidade diferente daquela a que se propunham inicialmente, e nos dias que correm até servem para traçar perfis psicológicos… A tua imagem de perfil é a tua porta de entrada (ou saída) para o teu mundo, para o mundo que queres para ti!

Individualmente, a tua fotografia de perfil pode revelar muito da tua personalidade. Se te apresentas de fato ou de vestido comprido, a primeira impressão é de que és uma pessoa profissional. Tens gosto e cuidado pela aparência, o que te pode trazer uma maior afetividade no que respeita, por exemplo, à possibilidade de ingressares num novo projeto profissional. Se a tua área é desporto, então não é descabido teres uma imagem onde apareças de calções e t-shirt. Já se és fotógrafo, é importante que o teu perfil esteja vocacionado para essa área.

O importante é perceberes/percebermos qual a finalidade com a nossa presença nas redes sociais e qual a utilização que queremos tirar do nosso perfil. Muitos fotógrafos, em paralelo com o perfil individual, têm uma página onde apresentam os seus trabalhos. Até aí é importante escolheres a tua imagem profissional. Normalmente através de um logotipo, a tua apresentação pode ficar limitada ao sentimento que o mesmo pode suscitar. Se te apresentas como um fotógrafo de desporto motorizado é normal que o teu perfil apresente uma imagem com elementos ligados à velocidade, mas se queres vingar no mercado da fotografia de casamentos tens de ter outros cuidados. Há ainda os fotógrafos que, mesmo tendo uma página profissional, optam por colocar uma fotografia (não o logotipo) como imagem de perfil… Tenham cuidado com a imagem!

Os mercados são muito exigentes e devemos, nós, ter o cuidado de nos apresentarmos de uma forma coerente com os objetivos que pretendemos alcançar. Assim, não só termos a possibilidade de alertarmos para o “perigo” da má utilização da fotografia de perfil nas redes sociais dos nossos clientes, quem sabe não poderemos ver aqui algum serviço extra? Lembram-se que a fotografia de animais de estimação era considerada “estúpida” profissionalmente e há hoje quem viva às custas disso. Obviamente que não estou a dizer que vamos fazer vida e ganhar o nosso rendimento mensal a tirar retratos para as redes sociais, mas porque não podermos ser chamados também para colaborarmos com alguém que quer trabalhar o seu perfil de facebook e linkedin em busca de um novo emprego?

Por outro lado, tomem atenção à vossa imagem de perfil (pessoal e profissional). Facilmente qualquer pessoa consegue chegar a um perfil a partir do outro. Para o vosso bem pessoal e profissional tomem em atenção a uma coisa básica, quase invisível e que pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso – a fotografia de perfil!

No seguimento do início do artigo, “Pode ser um tema muito ambíguo, talvez até venha a despropósito” mas há que ter cuidado e o certo é que há gente que vê oportunidades em todo o lado. Explorem o tema e criem as vossas próprias oportunidades.

Artigos que podem interessar

Sem Comentários

    Deixe um Comentário

    Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia