Blog GUIAS RÁPIDOS

Newborn para iniciados. Vamos ganhar dinheiro?

Tempo de Leitura: 3 minutos

A fotografia de newborn é uma das áreas mais bem sucedidas. Juntamente com os casamentos, poderá ser uma galinha de ovos de ouro para quem quer rentabilizar o gosto pela arte de fotografar os outros.

Fotografar recém-nascidos, ou newborn como se diz no meio, pode ser tão gratificante como trabalhoso. Criar as condições ideais para uma sessão deste tipo nem sempre é fácil.

Transportar um bebé tão pequeno – muitos deles com apenas dias de existência – são decisões que nem todos os pais tomam de ânimo leve. Depois, os apetrechos necessários para que exista o máximo de conforto podem ser um assalto ao orçamento. Existe a questão ambiental, os adereços, a luz, a duração da sessão e outros aspetos que podem condicionar o resultado.

A última coisa que se pretende é criar algum tipo de instabilidade na saúde do recém-nascido. Assim, a principal preocupação está na temperatura. Existem algumas soluções, obviamente, mas é preciso perceber quais as mais vantajosas a longo prazo.

Temperatura

Considerando que os pais concordam em retirar o bebé de casa e levá-lo para um estúdio, há que garantir que a temperatura ambiente é a adequada. Para tal, ligar aquecedores torna-se indispensável. Eliminem as possibilidades de utilizar aquecedores a gás. Por muito seguros que sejam, o cheiro pode ser (além de incomodativo) prejudicial à saúde deste novo rebento.

O Ar Condicionado pode tornar-se numa boa alternativa, mas devemos considerar o preço de aquisição, instalação e o gasto inerente à sua utilização. Se já temos AC instalado é sempre mais fácil, caso contrário teremos de optar pelos aquecedores a óleo. Contas à parte, o importante é garantir que o modelo fotográfico esteja confortável.

Adereços

Depois vêm os adereços… Cobertores, alcofas, cestos, caixotes, fitas, bolas, brinquedos, … o que quiserem. Vejam o que os outros fotógrafos usam e percebam qual o investimento inicial que terão de ter. Podem sempre ir comprando mediante as sessões. Sendo menino, compram coisas de rapaz e apenas quando tiverem uma sessão de menina é que escolhem os elementos mais femininos.

Os custos para nos iniciarmos na fotografia de newborn pode ser avultados, dependendo da qualidade e da quantidade de adereços que comprarmos. Neste ponto, e caso tenham abertura para tal, poderão propôr às diversas marcas um “patrocínio”. Por troca (direta ou indireta) de trabalho publicitário, poderão “adquirir” alguns elementos de maior valor. (Mas isso são outros campeonatos…)

Luz

Fotografia é luz! Contudo, é sabido que os recém-nascido são exageradamente fotossensíveis. Mudanças repentinas de luz podem ser ireeversivelmente prejudiciais à criança. Assim, é sempre aconselhada a utilização de luz natural. Parece básico, mas por vezes é nestas pequenas falhas que reside o insucesso…

Portefólio

A melhor forma de angariar clientes é através de trabalhos já executados. Se não conseguimos arranjar noivos a toda a hora para praticar e criar portefólio, podemos sempre usar uma ou duas bonecas para trabalhar a fotografia de newborn. Neste campo, esta vertente talvez seja a mais fácil e barata de trabalhar.

Facilmente se percebe que o objeto é inanimado. Mas ainda assim, um recém nascido vai-se mexer pouco mais do que aquela boneca. Extrapolando para uma situação real, é fácil entender qual poderá ser o resultado de uma sessão destas.

Minimizar custos e rentabilizar investimento

A forma mais fácil e vantajosa para tirar maior proveito com a fotografia de newborn é através a utilização dos elementos pessoais do bebé. Com isto refiro-me a (praticamente) tudo.

Devemos então, na minha opinião, ter um conjunto de elementos que possamos transportar para casa do cliente. Aí já o bebé permanece no seu próprio ambiente, evitando saídas desnecessárias de casa. Há sempre um “cantinho” que podemos aproveitar.

Montamos o nosso cenário e usamos os brinquedos e os outros pertences da criança. Mantas, babygrow, gorros, peluches, … o que quiserem, o que for indicado pela mãe e que acharem melhor. Lembrem-se que maior parte das vezes, “menos é mais” pelo que não devem encher o cenário, a menos que seja esse o objetivo.

O inverno foi frio… Acredito que haja uma nova vaga de bebés a nascer em breve!

 

Ler também

Artigos que podem interessar

1 Comentário

Deixe um Comentário

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia