Blog OPINIÃO

Grey Market: as vantagens e as desvantagens do barato

grey-market

Quem não gosta de compras inteligentes? Quem não quer poupar, na altura de comprar um equipamento novo. O Grey Market existem é real, e pode ser uma alternativa.

A busca incessante de pechinchas está-nos no sangue. Ao identificarmos um objeto para compra, não nos resta comprá-lo. Temos antes de procurar um sem fim de lojas, online e físicas, para ver qual vende mais barato. Mas, e se o preço for mesmo muito agressivo? E se, numa máquina fotográfica, estivermos a falar de diferenças de 200€ (ou mais, dependendo dos modelos/marcas)? E se descobrimos equipamento no chamado Grey Market? Será que vale mesmo a pena comprar?

Para começar, importante referir que o facto de se chamar Grey Market, não significa que os equipamentos sejam contrafeitos. Há essa possibilidade, mas não é condição sine qua non. O mais provável é que os equipamentos sejam importados e distribuídos por empresas que não aceitam as condições das marcas para a comercialização dos seus produtos.

São equipamentos que provêm, normalmente, do oriente onde, de resto, estão igualmente localizadas as fábricas originais das marcas. Acontece que, em cada país, as grandes marcas têm políticas de proteção de preço, não permitindo que os mesmos se situem abaixo de um mínimo recomendado. Criam igualdade entre os importadores e distribuidores, e mantém um certo nível de qualidade na venda e no pós-venda.

Vantagens do Grey Market

As principais vantagens do Grey Market passam essencialmente pelo preço. São equipamentos que estão disponíveis a um valor consideravelmente inferior aos praticados pelos agentes oficiais.

Desvantagens do Grey Market

Este tópico será bastante mais extenso que o anterior. Como não há bela sem senão, as desvantagens de comprar no mercado paralelo são consideráveis. Como o azar não bate somente à porta dos outros e, para muita gente, o “outros” somos nós, mais vale estar ciente do que nos espera.

Garantia

A primeira desvantagem é que as marcas não cobrem garantia nos produtos comprados em Grey Market. Reconhecem-lhes capacidades, mas não dão assistência. Grande parte das vezes, nem a pagar… Os produtos provenientes de fontes desconhecidas são totalmente excluídos do circuito regular do serviço pós venda.

Regulamentação

Todas as transações estão devidamente regulamentadas, em cada país. Ao comprarmos um equipamento que está revestido com a classificação de Grey Market, estamos a incorrer em falhas no que respeita à forma como o negócio está regulamentado. As leis de proteção do consumidor não são aplicáveis nestes casos.

Acessórios

Grande parte das vezes os acessórios e o conteúdo do “pacote” não cumprem com as especificações do país. É normal recebermos equipamento com transformadores com uma voltagem diferente, cabos que se aplicam a tipo de fichas diferente do habitual e, até mesmo, falta de manuais adequados. É normal que os equipamentos “paralelos” venham acompanhados com documentação internacional, quando a lei portuguesa obriga a que cada objeto vendido tenha o manual em português (mas isso também é normal, visto que a compra é efetuada num país diferente).

Cashbacks e outras campanhas

Existem ferramentas de marketing e vendas que levam regularmente o s comerciantes a oferecerem um desconto na compra me material novo. Campanhas de retoma e benefícios para clientes habituais, deixam de ser assumidos pelas marcas, no caso do material adquirido no Grey Market.

Conclusão

Existem sempre a possibilidade de pouparmos alguns euros e canalizarmos a poupança para a aquisição de outros acessórios. Contudo, devemos estar cientes das dificuldades que iremos enfrentar no caso de termos algum problema com o equipamento comprado. Mais vale encararmos que a compra foi feita como sendo em segunda mão, uma vez que não teremos os benefícios das garantias e dos serviços pós venda. Uma vez mercado paralelo, sempre mercado paralelo.

Se conhecerem, ou não tiverem qualquer problema submeter as reparações a um “jeitoso”, então o Grey Market poderá ser uma opção. Caso contrário, se quiserem garantir que o vosso investimento vai parar nas mãos de quem realmente percebe da coisa, o melhor é perder o amor a mais algum e jogar pelo seguro, comprando apenas em revendedores autorizados.

Artigos que podem interessar

Sem Comentários

    Deixe um Comentário

    Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia