ENTREVISTAS

Entrevista a… Hugo Coelho


Tempo de Leitura: 2 minutos

Sempre tive o gosto e paixão pela Fotografia e os primeiros trabalhos começaram no circulo de amigos ou conhecidos, a Fotografia de Casamento veio mais tarde. Neste momento é o que me ocupa o tempo.

Vejo a minha fotografia como um documentário de um dia de duas pessoas em que pelo meio vão aparecendo outras personagens que fazem parte da história dos noivos. No fundo é isso, uma fotografia descontraída, natural e emotiva sempre com um sentido estético jogando com a iluminação natural.

1. Trabalhas “by the book”, ou gostas de inovar e experimentar técnicas novas? 
Tento ver o meu trabalho e cada serviço como uma forma de me inovar a mim próprio, não a Fotografia porque essa estamos sempre a aprender com ela e com os próprios erros. Se me limitasse a fazer sempre o mesmo acho que não seria tão apaixonado pelo que faço. Cada dia é uma nova descoberta e a melhor maneira de me sentir realizado é essa mesmo, ir “brincando”.

2. Quando não sabes o que vais fotografar, qual é o equipamento que usas? 
Neste momento, por estar quase a 100% na fotografia de Casamento, acabo por saber o que me pode esperar, ou pelo menos ter uma ideia do que vou fotografar (gosto de fazer sempre um reconhecimento, ou reperagem, se assim quisermos chamar). Mas apesar disso sou fiel ao meu equipamento que se mantenho sempre igual, fotografo com 2 corpos full frame da Canon e lentes fixas (35mm e 50 mm). Gosto de utilizar apenas luz natural, e estas lentes permitem-me explorar isso.

3. O que fazes quando precisas de algum acessório que não tens ?
Não fotografas ou tentas improvisar? Podes 
exemplificar? Experimentar e improvisar são duas palavras que podem significar o mesmo, sair da zona de conforto é isso, e o uso de recursos é normal.

4. Que software usas para o processamento fotográfico?
Que software gratuito aconselharias? 
Utilizo o Lightroom que é uma ferramenta indispensável para o que faço. Edito tudo a partir deste programa. Para me organizar utilizo um app que é gratuita chamada Evernote.

5. O que é que gostavas que te tivessem ensinado antes de teres começado a fotografar, e só aprendeste mais tarde, às tuas custas? 
Estudei Fotografia durante 3 anos e foi muito técnico e académico, acho que se tivesse sido mais criativo e experimental talvez tivesse aprendido ainda mais. Ou seja, é bom termos a técnica mas o lado criativo é tão ou mais importante. 

 

Link: www.hugocoelho.com

Facebook: www.facebook.com/HugoCoelhoPhoto


Artigos que podem interessar

1 Comentário

  • Reply
    Houve casamento ... com a Fragmáticos! - Fotoguru
    11 Março, 2019 at 13:58

    […] da pesquisa, fontes nacionais como as de Miguel Lemos, Álvaro Miranda, Menino Conhece Menina, Hugo Coelho, entre outros igualmente importantes foram fundamentais. Ver o que está a ser feito pelo mundo […]

Deixe um Comentário

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia