OPINIÃO

Computador: o melhor investimento para fotografia

Este projeto tem vindo a apregoar várias teorias… Desde o investimento em lentes e n\ao em “corpos”, passando pela pós-produção como um elemento tão importante como a fotografia em si, até à utilização de artefactos (uns caseiros, outros nem tanto) para conseguirmos as melhores fotografias. Contudo, há um outro elemento cuja importância talvez se sobreponha a todas as outras –  o computador!

O computador serve para muita coisa: armazenas fotografias, desenvolver e alimentar o nosso site, distribuir o nosso trabalho e difundi-lo pelas redes sociais, disponibilizar as nossas fotografias por bancos de imagens, …. Enfim, um sem fim de utilidades que nem nos damos pela usa utilização. É impensável fazer fotografia sem um computador! Mesmo que recorramos à fotografia analógica, não só o usaremos, como temos de lhe acoplar um outro dispositivo que permita a transferência do formato analógico para o digital (scanner). Assim, é inegável que não estamos a dar a importância devia a esta ferramenta tecnológica.

Não podemos deixar de dar a importância às câmaras fotográficas nem tão pouco às lentes que usamos, mas vou-vos explicar por que razão o computador é uma ferramenta que deverá estar contemplada no nosso orçamento.

Capacidade de Armazenamento

Duas das principais funções para que usamos os computadores é a organização e o armazenamento. Após uma sessão fotográfica – e não sei qual é o vosso ritual – é comum “descarregarmos” o cartão de memória. Eu, pessoalmente, tenho as minhas sessões fotográficas organizadas por Ano / Mês / Assunto. Normalmente crio uma pasta para as fotografias em formato RAW e outra para as fotografias escolhidas e tratadas. Assim, facilmente consigo identificar uma pasta onde sei que tenho determinada fotografia. Se considerarmos que só a título pessoal tiro cerca de 200 a 300 fotografias por mês só aos meus filhos (agora que a coisa acalmou porque chegava a ser às 600… um exagero, eu sei!), se a isto juntarmos as outras sessões, …. facilmente se perde a conta à capacidade de armazenamento que o meu computador tem!!

As fotografias precisam de ser tratadas… No meu caso, pouco software uso; apenas o Adobe Photoshop Lightroom, mas de qualquer forma é sempre mais alguma coisa a “ocupar espaço”. Agora juntemos o software comum de email, leitura de PDF, etc.

storage

Alguns suportes de armazenamento usados

Rapidez de Processamento

Não chega ter capacidade de armazenamento se tivermos de esperar aos 30 minutos de cada vez que quisermos aplicar um filtro numa fotografia, ou fazer um upload para o nosso site. A rapidez do computador não depende apenas da capacidade disponível, mas também nas configurações de outros componentes como o processador, a memória, etc. Estas componentes poderão ser as suficientes durante um certo período de tempo, mas mesmo tendo a sorte de nenhum avaria entretanto, haverá necessidade de fazer upgrades regulares. Os softwares trazem novas funcionalidades que exigem cada vez mais das máquinas e, assim sendo, devemos acompanhar a evolução (não do mercado de hardware, mas das exigências requeridas pelo “nosso” software.

hardware

A importância dos (outros) componentes de hardware

Aproveitamento do Tempo

Imaginem que estão a fotografar e têm de, impreterivelmente até uma determinada hora, enviar uma amostra do trabalho feito para ser publicado online. Regularmente faço trabalhos fotográficos para a Imagem do Som ou para o Mundo de Músicas… é normal que queiram, no próprio dia do concerto, poder publicar algumas (5, 6, 10 fotografias que sejam) do concerto. Assim, comunicarão a presença no evento aos seus seguidores, principalmente aos das redes sociais. Se eu tiver um computador suficientemente rápido poderei ficar até mais tarde e ter a possibilidade de captar mais e melhores imagens pois sei que apenas demorarei algum tempo na escolha e tratamento daquela amostra. Caso contrário, mesmo que sejam apenas algumas (meia dúzia) de fotografias, com um computador que se “arraste”, o tempo perdido é maior, tendo obrigatoriamente de prejudicar a disponibilidade para a presença no evento, seja ele qual for.

Seja qual for a tua opinião, não poderás dizer que a opção “computador” está sempre fora das tuas preocupações. Fotografia requer câmara e objetivas, mas não nos podemos esquecer tudo o que está à volta e que é invisivelmente tão importante quanto o “básico”. Para mim que pouco percebo de carros, um automóvel tem de ter obrigatoriamente motor e rodas, o resto é “paisagem”. Contudo, se nos esquecemos da gasolina ou do seguro, podemos ter uma desagradável surpresa. O mesmo se passa aqui! Lembrem-se que quem faz a fotografia é o fotógrafo… O equipamento nem sempre é o mais importante e por vezes temos de “rebocar” as paredes na nossa casa para podermos garantir que as “obras internas” serão sustentadas pelos alicerces… (como não percebo de construção civil, não sei quantificar o grau de estupidez desta afirmação, mas acho que deu para perceberem a vertente poética da coisa).

Artigos que podem interessar

Sem Comentários

    Deixe um Comentário

    Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia