IMPRENSA

Anunciados os grandes vencedores do Sony World Photography Awards de 2017

– O fotógrafo belga Frederik Buyckx foi nomeado Fotógrafo do Ano e ganha um prémio de 25 000 dólares americanos pela melhor série de imagens

– Prémio de melhor fotografia individual atribuído ao fotógrafo russo Alexander Vinogradov

– Dez outros fotógrafos reconhecidos pelos seus conjuntos de trabalhos no Concurso Profissional

– Martin Parr homenageado com o prémio de Extraordinária Contribuição para a Fotografia

– As imagens vencedoras serão exibidas na Somerset House, em Londres, entre 21 de abril e 7 de maio

– Imagens disponíveis para publicação em press.worldphoto.org

“Whiteout”, a série vencedora de Frederik Buyckx, capta a transformação da natureza com a chegada do inverno. Os júris classificaram o trabalho como “belíssimo” e esperam que esta série inspire outros fotógrafos a captarem a elegância e a não descurarem a importância e a beleza presente no nosso quotidiano.

20 de abril de 2017: hoje, a World Photography Organisation nomeia o fotógrafo belga Frederik Buyckx Fotógrafo do Ano dos Sony World Photography Awards de 2017. Os júris dos prémios foram desafiados a encontrar a melhor série fotográfica e ficaram fascinados com a beleza, a escala e o esforço envolvido no trabalho vencedor de Buyckx, intitulado “Whiteout”.

Os prémios de 2017 receberam mais de 227 000 candidaturas de 183 países e são o maior concurso de fotografia do mundo. Todos os trabalhos vencedores e finalistas, juntamente com imagens raras do fotógrafo britânico Martin Parr, vencedor do prémio de Extraordinária Contribuição para a Fotografia, serão apresentados numa exposição patente na Somerset House, em Londres, entre 21 de abril e 7 de maio.

Escolhidas entre os vencedores das dez categorias Profissionais dos prémios, Zelda Cheatle, Presidente do Júri, descreve assim as fotografias de Frederik Buyckx: “Selecionei uma série de paisagens, para que possamos regressar à essência do que é olhar para uma fotografia. A paisagem é, frequentemente, negligenciada, mas ela é essencial para a nossa existência. Estas são imagens lindas, captadas por um fotógrafo sério, e devem ser apreciadas. Espero que este prémio inspire muitos outros fotógrafos a captarem imagens que não se limitem a cobrir os terríveis aspetos da vida nestes tempos conturbados, mas, também, que captem as alegrias e a beleza de todo e qualquer ambiente.”

Buyckx foi anunciado como Fotógrafo do Ano e recebeu o prémio de 25 000 dólares americanos numa cerimónia de entrega de prémios realizada em Londres, na presença de peritos internacionais do setor. Na mesma cerimónia, foram anunciados os vencedores das categorias do Concurso Profissional, juntamente com os vencedores globais dos Concursos Aberto, Juventude e Estudante.

Scott Gray, CEO da World Photography Organisation, afirma: “Sinto-me particularmente orgulhoso da escolha deste ano do Fotógrafo do Ano. Penso que, em muitos casos, é fácil chocar, mas pode ser tremendamente difícil captar uma elegância sofisticada que seja, realmente, tão bela, que mostre o meio da fotografia no seu melhor.”

Todos os fotógrafos vencedores estiveram presentes na cerimónia de entrega dos prémios, em Londres, e receberam o mais recente equipamento de imagem digital da Sony como prémio.

A celebrar o seu 10.º aniversário este ano, os Sony World Photography Awards reconhecem e premeiam anualmente a melhor fotografia contemporânea do ano anterior. De participação gratuita e aberto a todos os fotógrafos, o concurso é uma referência no seio da indústria fotográfica, com o poder de moldar as carreiras dos fotógrafos vencedores e finalistas. Os Sony World Photography Awards de 2018 começam a aceitar candidaturas a partir de 1 de junho de 2017.

FOTÓGRAFO DO ANO – FREDERIK BUYCKX, BÉLGICA

Nascido em Antuérpia, em 1984, Frederik Buyckx é um fotógrafo freelance que trabalha para o jornal belga De Standaard. As imagens de Buyckx foram publicadas e exibidas a nível internacional e, mais recentemente, ele foi finalista do ZEISS Photography Award.

A série vencedora, “Whiteout”, foi captada nos Balcãs, Escandinávia e Ásia Central, áreas remotas onde as pessoas vivem frequentemente em isolamento e em estreito contacto com a natureza. Buyckx explica: “A natureza sofre uma transformação peculiar com a chegada do inverno, quando a neve e o gelo começam a dominar a paisagem e as pessoas e animais têm de lidar com condições climatéricas extremas. Esta série investiga esta luta contra o desaparecimento.”

VENCEDORES E FINALISTAS DA CATEGORIA PROFISSIONAL

Um painel de júris internacionais especializados foi desafiado a encontrar a melhor série de fotografias (entre 5-10 imagens) entre as dez categorias do Concurso Profissional. O fotógrafo vencedor e os finalistas são:

  • Vencedor Arquitetura: Dongni, China

2.º – Julien Chatelin, França / 3.º – Diego Mayon, Itália

  • Vencedor Conceptual – Sabine Cattaneo, Suíça

2.º – Gao Peng, China / 3.º – Alexander Anufriev, Federação Russa

  • Vencedor Questões Contemporâneas – Tasneem Alsultan, Arábia Saudita

2.º – Li Sony, China / 3.º – Lorzenzo Maccotta, Itália

  • Vencedor Atualidade e Notícias – Alessio Romenzi, Itália

2.º – Joe Raedle, Estados Unidos da América / 3.º – Ivor Prickett, Irlanda

oVencedor Quotidiano: Sandra Hoyn, Alemanha

2.º – Christina Simons, Islândia / 3.º – Alice Cannara Malan, Itália

  • Vencedor Paisagem: Frederik Buyckx, Bélgica

2.º – Kurt Tong, Reino Unido / 3.º – Peter Franck, Alemanha

oVencedor Mundo Natural: Will Burrard-Lucas, Reino Unido

2.º – Ami Vitale, Estados Unidos da América / 3.º – Christian Vizl, México

oVencedor Retrato: George Mayer, Federação Russa

2.º – Romina Ressia, Argentina / 3.º – Ren shi Chen, China

  • Vencedor Natureza Morta: Henry Agudelo, Colômbia

2.º – Shinya Masuda, Japão / 3.º – Christoffer Askman, Dinamarca

  • Vencedor Desporto: Yuan Peng, China

2.º – Eduard Korniyenko, Federação Russa / 3.º – Jason O’Brien, Austrália

FOTÓGRAFO DO ANO DO CONCURSO ABERTO – ALEXANDER VINOGRADOV, FEDERAÇÃO RUSSA

“Mathilda”, do fotógrafo russo Alexander Vinogradov, foi selecionada como a melhor fotografia individual do mundo e o fotógrafo recebeu um prémio de 5000 dólares americanos, juntamente com o título de Fotógrafo do Ano do Concurso Aberto.

Vinogradov é um fotógrafo amador a residir em Moscovo e a sua imagem vencedora é o retrato de uma jovem, inspirado no filme francês “Léon, o Profissional”. A fotografia foi selecionada entre os vencedores das dez categorias do Concurso Aberto, anunciados a 28 de março por um painel de júris presidido pelo jornalista e fotógrafo britânico Damien Demolder.

FOTÓGRAFO DO ANO DO CONCURSO JUVENTUDE – KATELYN WANG, EUA

Katelyn Wang, estudante de 16 anos de Los Angeles, Califórnia, recebeu o título de Fotógrafo do Ano do Concurso Juventude. Aberto aos jovens entre os 12 e os 19 anos, o Concurso Juventude solicitava aos fotógrafos de todo o mundo que abordassem o tema da ‘Beleza’ numa única fotografia.

A fotografia vencedora de Wang, “On Top of the World”, foi tirada acima do Lago Pehoé, no Parque Nacional Torres del Paine, no Chile, e capta toda a beleza da paisagem abaixo dela.

FOTÓGRAFO DO ANO DO CONCURSO ESTUDANTE – MICHELLE DAIANA GENTILE, ARGENTINA

Michelle Daiana Gentile, de 21 anos, da Escuela de FotografíaMotivarte, ganhou o título de Fotógrafo do Ano do Concurso Estudante com uma deslumbrante série intitulada “Only Hope”. Respondendo ao tema das “Emoções”, Gentile apresentou uma poderosa série captada ao longo dos dez dias que passou com os trabalhadores de uma antiga fábrica de papel na Argentina.

Gentile recebeu equipamento fotográfico da Sony no valor de 30 000 euros para a sua universidade na cerimónia de atribuição de prémios.

EXTRAORDINÁRIA CONTRIBUIÇÃO PARA A FOTOGRAFIA – MARTIN PARR

O fotógrafo britânico Martin Parr foi homenageado com o prémio de Extraordinária Contribuição para a Fotografia na cerimónia de entrega de prémios. Foi reconhecido pela sua linguagem visual única e por alargar os limites deste meio.

Anteriormente, o Prémio de Contribuição Extraordinária para a Fotografia foi atribuído a Mary Ellen Mark, William Eggleston, Eve Arnold, Bruce Davidson, Marc Riboud, William Klein, RongRong & inri, Elliott Erwitt e Phil Stern.

EXPOSIÇÃO E LIVRO SONY WORLD PHOTOGRAPHY AWARDS & MARTIN PARR – 2017

Todas as imagens vencedoras e finalistas serão exibidas na Somerset House, em Londres, de 21 de abril a 7 de maio. Esta apresentação também incluirá uma exposição especial de imagens a preto e branco raramente vistas do início da carreira de Parr, juntamente com os seus trabalhos, livros e filmes mais icónicos.

A exposição é acompanhada por um livro com os trabalhos vencedores e finalistas, disponível para compra em www.worldphoto.org

Artigos que podem interessar

    Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia