GUIAS RÁPIDOS

UM SITE PARA FOTOGRAFIA: TEMPLATE

webdevelopment

Tempo de Leitura: 3 minutos

O template é a cara do site. Num sistema como WordPress, modular e perfeitamente versátil, o template pode fazer toda a diferença. Há todo um conjunto de personalizações que permitem, com um mesmo modelo, apresentar uma série de soluções diferentes. Cada elemento configurável dá origem a uma solução única. Uma cor, um tipo de letra ou a posição do logótipo, a utilização de colunas ou não, o posicionamento de um eventual slideshow de imagens criam uma dinâmica que funciona.

A inexperiência e a falta de ideias pode ser uma entrave no desenvolvimento da nossa presença online. Nunca sabemos muito bem que aspeto queremos imputar no site, mas por vezes vemos outros, do mesmo género, que até nos são agradáveis à vista. Para esses casos, e arriscando que talvez possa também ser desenvolvido em wordpress, existe uma ferramenta interessante para identificarmos qual o template usado.

O site whatwpthemeisthat permite que, com o endereço de um determinado site, seja apresentada toda a informação relativa ao template usado, bem como aos plugins instalados.

 

what-wp-theme-is-that

What WP Theme is That permite obter informações acerca do template e plugins usados

 

Não sendo o ideal, podemos sempre recorrer ao mesmo template ou consultar repositórios de templates e procurar por soluções semelhantes. Um dos repositórios mais conhecidos e utilizados é o themeforest, do qual já falei no artigo passado. Lá conseguem procurar por templates de wordpress ou outra plataforma, por tipo de site que se pretende criar, obtendo-se um conjunto de soluções que preenchem os requisitos. Em princípio, qualquer um dos templates usados poderá ser usado para o cumprimento das nossas necessidades.

Vamos então dar início à personalização do nosso site… Ainda no artigo da semana passada foi dito como se procede ao carregamento de um novo template. Assim, e com o nosso modelo escolhido e instalado deveremos ativar o modelo Quarter de modo a que este passe a ser o que vamos usar doravante.  Posteriormente vamos-lhe alterar as caraterísticas mais básicas, mas que são as que nos permitem criar um site único e diferenciado. Escolhemos “Apresentação” e depois “Theme Customizer“.

 

quarter-template

Configuração do template Quarter

 

A imagem seguinte apresenta-nos o conjunto de opções que podemos alterar com vista construirmos um site à medida das nossas necessidades e expectativas…

 

quarter-customization

Personalizar o tema Quarter

 

Da Identidade do site, apenas vamos alterar a Descrição. Está, por defeito, “Mais um site WordPress” e queremos que passe a ser “Página profissional de Nuno Machado” (ou o vosso nome, obviamente).

 

site-tagline

Descrição do Site

 

Reparem que, por baixo do título do site “Nuno Machado Fotografia” passa a figurar o descritivo que colocamos… Lembrem-se que, depois de qualquer alteração devemos sempre gravar… Haverá sempre, em algum lugar, um botão que nos permita levar a cabo essa confirmação.

De seguida alteramos o Logo. Este é o elemento mais identificativo do vosso trabalho. Nem tanto para o site, mas de uma forma genérica, qualquer marca deverá ficar associada através de um Logo ou logotipo. Aqui procedemos ao envio e à seleção do nosso logotipo.

 

logo

Alteração do logotipo

 

Depois de selecionarmos a opção “Selecionar imagem” somos encaminhados para a área de Multimédia (uma das opções que nos aparece no painel inicial de controle do site).

 

multimedia

Multimédia

 

Há outras formas de proceder ao envio de uma imagem para a área de Multimédia de um site em WordPress. A seu tempo abordaremos as mais fáceis e/ou vantajosas de utilizar, sempre tendo como principal objetivo poupar o máximo de trabalho possível. Neste caso temos apenas de abrir a pasta, no nosso computador, onde temos os nosso logotipo e arrastar o ficheiro para cima do site (uma qualquer área em branco…).

 

logo-upload

Envio do logotipo para o site

 

Com a imagem selecionada devemos sempre dar-lhe uma legenda e um nome alternativo. Estas opções serão válidas e vitais para quando prepararmos o nosso site com ferramentas de SEO (Search Engine Optimization) de modo a melhorar a visibilidade do nosso site perante os motores de busca.

 

site-logo

Envio do logotipo para o site

 

Depois de gravarmos as alterações passamos ao próximo tópico: Social Links. Aqui simplesmente deveremos colocar o endereço de cada um dos perfis existentes em cada rede social. No meu caso, para já, apenas tenho página no facebook pelo que é o endereço dessa página que colocarei onde diz Facebook URL.

 

social-url

Atualizar Ligações das Redes Sociais

 

Para o futuro ficarão as restantes redes sociais que, entretanto, decidir criar.

Outro elemento de elevada importância, apesar da sua localização, é o rodapé (footer). Por norma contém informação acerca do executante ou criador do site. Pode parecer desinteressante, mas acreditem que o facto de poder ter lá o vosso próprio nome transmite algum profissionalismo: “além de serem fotógrafos ainda fazem sites… WOW

 

footer

Rodapé

 

Para terminar temos os Menus e os Widgets. Estes dois tópicos abordaremos numa outra altura, sob uma perspetiva diferente. Na próxima semana falamos de templates e começaremos a criar a estrutura do site em termos de conteúdos (Apresentação, Galeria/Portefólio, Contactos, Blog, …). Até lá, disponham dos métodos normais para colocarem as vossas questões. Até lá!

 

 


Artigos que podem interessar

Sem Comentários

    Deixe um Comentário