Blog GUIAS RÁPIDOS

Truques para a fotografia de alimentos


Tempo de Leitura: 3 minutos

Se soubessem como se compõem os alimentos para uma sessão fotográfica, com certeza não comiam o que vêem. Contrariamente à excelência visual, os utensílios usados são tudo menos comestíveis…

Os olhos também comem e nem sempre o aspeto visual corresponde à qualidade, em termos de sabor. Na fotografia, o que interessa é o aspeto. Assim, há truques que são usados para evidenciar elementos visuais que, com os ingredientes originais, seria quase impossível.

Tirando o mel, que é um produto espesso, poucos produtos têm a consistência ideal para serem fotografados. Imaginem o leite… Líquido no seu estado natural, tornar-se-ia difícil fotografar longas e gostosas gotas. Assim, são os truques que usamos que fazem a diferença.

Fumo

truques-culinaria-fumo

 

Quando fotografamos alimentos cozinhados, é normal que estes queiram ser apresentados com fumo. Tal elemento, embora secundário, acrescenta o desejo de degustação. Se algum prato deve ser comido quente, então tem de estar representado fotograficamente através a inserção de fumo. Contudo, raro é o alimento que nos proporciona a quantidade de fumo necessário para fotografar, bem como a duração suficiente para o fazer. Um dos truques é com recurso à utilização de … bolas de algodão. Pois sim, “o algodão não engana” e quando embebido em água e sobreaquecido no microondas, liberta vapor. Escondido atrás do alimento, dá a verdadeira sensação de uma refeição quente, acabada de cozinhar.

Gelados

truques-culinaria-gelados

 

Os gelados fazem a delícia dos corpos mais quentes. No verão, essencialmente, vão bem numa bela tarde de esplanada. Contudo, a sua textura altera-se com a temperatura, dificultando a tarefa de o fotografar. O tempo que se demora, a temperatura das luzes, bem como o constante manuseamento da “peça” levam a que o gelado vá alterando de forma à medida que derrete. Foi quando perceberam que o puré (sim, leu bem, … puré de batata) tem o aspeto visual do gelado, com uma consistência e durabilidade incomparavelmente superior. Se lhe juntarmos corantes alimentares (ou não, uma vez que não se vai comer um gelado de puré), podemos ter bolas e cores diferentes, representando sabores diferentes.

Leite

 

Já aqui referi o leite como sendo um produto problemático. Normalmente associa-se o leite aos cereais e no que respeita à fotografia, estes devem ter um aspeto crocante. Todos sabemos que se juntarmos leite aos cereais, a tendência é que seja absorvido, tornando os cereais moles e pouco apelativos. Assim, em vez de leite, usa-se cola. A cola líquida, branca, usada nas escolas?! Essa mesmo. Espessa, ainda que líquida, com a cor do leite, a cola é um dos melhores truques para a fotografia de alimentos.

Carne Grelhada

truques-culinaria-grelhados

 

Quem não gosta de um churrasco? E aquela carne suculenta, mal passada no interior mas com aquela capa tórrida e crocante? Na realidade aquela carne que vemos na publicidade nem sequer é cozinhada ao lume. Muitas das vezes é usada uma chapa quente para conferir o aspeto exterior, mantendo o interior desejavelmente encruado. Mas, … então e as marcas das grelhas que aparecem na superfície da carne? Pois bem, o truque está aí… Normalmente essas marcas são criadas com graxa de sapatos. Esta combinação de truques desperta em nós o maior desejo anti dietas.

Chantily

truques-culinaria-chantily

 

Pois, … se vimos exemplos de produtos não alimentares que nos enganam diariamente, no que respeita ao Chantily a coisa não melhora. Este produto goza das mesmas propriedades do gelado e do leite. Útil e bonito, mas por muito pouco tempo. Assim, pensou-se mais uma vez numa alternativa (visual) e chegou-se à conclusão que o melhor é mesmo fotografar creme de barbear. Tem a mesma textura, aspeto e tem propriedades duradouras bastante superiores.

Fruta

truques-culinaria-fruta

 

No supermercado somos enganados deliberadamente com superfícies de cera em alimentos como maçãs e pêras. É sabido, assumido, e pelo menos a cera usada é comestível. Não revela a qualidade dos alimentos, mas não faz mal à saúde. Já para a fotografia, o produto usado deve ser afastado da ingestão tanto quanto possível. Neste caso o produto que referimos não é usado para substituir o produto “original”, mas para evidencial um aspeto mais delicioso. O desodorizante em spray permite aumentar a frescura da fruta. Ainda mais do que a cera…

Consistência

truques-culinaria-consistencia

 

A consistência não é propriamente um alimento, mas toda a diferença. Vejam por exemplo os hamburgers… Normalmente são altos e bem recheados. Quando os compramos, mesmo bem recheados, a altura não corresponde à fotografia, desiludindo-nos. O cartão canelado é utilizado para separar camadas de alimentos. Num hamburger, num bolo com várias camadas de massa e recheio, a separação é feita com recurso a cartão. Mais uma vez escondido por detrás de pedaços de ingredientes, lá faz o excelente trabalho de ilusão.

 

Os truques continuam, sendo estes apenas alguns do mais usados. Portanto, da próxima vez que olharem para publicidade gastronómica, não se deixem enganar. Nunca queiram um prato como o anunciado. O mais provável é acabarem nas urgências do hospital por ingestão de produtos perigosos.


Artigos que podem interessar

Sem Comentários

    Deixe um Comentário