Blog INSPIRAÇÃO

Trabalhe gratuitamente e ganhe com isso


Tempo de Leitura: 3 minutos

Quando os ventos sopram de feição é fácil navegar. Quando não há vento, temos de tomar outras atitudes. Como poderá lucrar, trabalhando gratuitamente?

Trabalhar gratuitamente pode, à primeira vista, levar a crer que não estamos a criar valor na nossa profissão. Muitos fotógrafos contrariarão o conteúdo deste artigo, uma vez que quem trabalho merece ser recompensado. Contudo, e se algo não está a funcionar como desejado, e não está a ser compensado monetariamente pelo seu trabalho, há que tomar medidas.

Estar parado nunca foi solução e não fazer nada não nos parece ser a melhor atitude. O número de fotógrafos (ou pelo menos de pessoas a intitularem-se fotógrafos) tem vindo a aumentar. Várias condicionantes contribuem para esta evolução. O acesso fácil a produtos com relativa qualidade e a quantidade de informação gratuita disponibilizada online, requerem apenas tempo e vontade.

Aqui vamos apresentar 3 opções para vos colocar nas “bocas do mundo”. O mais fácil é, obviamente, ambicionar um sucesso local, junto da vossa área de residência. Servirá isto como um testes às vossas capacidades e ao acesso a outros potenciais clientes.

Fotografia de Comida

A fotografia de comida está na moda. Aliás, tudo está na moda para a fotografia, mas tem-se vindo a constatar um crescente número de restaurantes a apostar numa publicidade visual. Os olhos também comem e é com base nesta premissa que propomos a fotografia de alimentos.

Contactem os restaurantes locais. Percebam se estes têm algum cuidado na apresentação dos pratos e vontade de os publicitar. Façam um acordo com alguns deles, todos atuando em áreas diferentes (sushi, cozinha tradicional, hamburgers, etc.). Proponham-lhes fotografar gratuitamente os pratos que levam à mesa. Irão ganhar experiência em diferentes tipos de cozinha e, por conseguinte, terão acesso a matéria prima diferenciada. Em troca, usem a vossa capacidade persuasora para solicitar publicidade, também gratuita. Proponham colocar o vosso nome e/ou logotipo nos “individuais” (caso os usem). Uma referência ao vosso serviço e, logicamente, que os proprietários ou responsáveis de cada restaurante indiquem o vosso nome sempre que lhes for questionado o autor das fotografias. Assim, gratuitamente, aumentam a possibilidade de obter novos clientes.

Smartphotography

Um tema que adoramos e de que falamos sempre que temos oportunidade é a fotografia por smartphone. É talvez o tipo de máquina fotográfica que todos têm. Nós, enquanto amantes da arte da fotografia, teremos, com certeza, centenas de fotografias no nosso dispositivo móvel. Usem essas fotografias e distribuam-nas gratuitamente. Criem um site e incentivem a utilização das mesmas. Por troca de créditos de autor, o vosso trabalho poderá ser difundido nas redes sociais e na internet em geral.

Os bloggers andam constantemente à procura de fotografias livres. Quem sabe uma (ou várias) fotografias não acabam em blogs conceituados? Com os respetivos créditos, o vosso trabalho e o vosso nome circulam…

Roteiros

Gostam de passear? Jantar fora? Sair com os amigos? Qualquer opção que seja extra profissional dará um roteiro! Roteiro de bares, de praias, de parques infantis, de restaurantes… Saiam, divirtam-se e registem. Criem um (outro) site/blog temático. Usem a vossa criatividade e perspicácia fotográfica para ilustrar o vosso percurso. Incentivem e critiquem os lugares onde estiveram. Quem sabe não há alguém à procura de ideias para sair?

O vosso novo projeto, disponibilizado gratuitamente, poderá não só elevar o vosso nome pela capacidade visual proveniente das fotografias, mas também ser alvo de contactos profissionais. Imaginem um jantar de amigos no restaurante XPTO. Fazem o registo, escrevem um artigo e disponibilizam-no online. Posteriormente contactam o restaurante para que este esteja consciente do vosso trabalho (principalmente se as criticas forem positivas). Se as imagens que acompanham o artigo forem do agrado, talvez venham a ser contactados para uma sessão profissional. Por outro lado, a vossa mensagem chegará a mais leitores. O mais certo é haver uma fatia que seja curiosa e vá consultar informação sobre vocês. Silenciosamente estão a apresentar-se e a difundir a vossa imagem e o vosso trabalho.

 

Façam o que fizerem, lembrem-se que já tudo foi tentado… Usem a vossa capacidade diferenciadora para fazer… melhor!


Artigos que podem interessar

Sem Comentários

    Deixe um Comentário