Blog OPINIÃO

Subaquático. Um mundo novo por descobrir!


Tempo de Leitura: 3 minutos

Com a chegada do verão, todos queremos registar os melhores momentos. Em família ou simplesmente o mundo subaquático, são sempre registos que valem a pena recordar.

As soluções para proteger as câmaras fotográficas da água, principalmente água salgada, são caras e as homemade nunca são 100% eficientes. Aqui na FotoGuru adoramos soluções DIY, mas confessamos que no que toca à segurança do material, colocamos sempre um travão…

Já aqui foram abordadas várias vezes, soluções para fotografia subaquática ou equipamentos que selam a câmara, permitindo fotografar. São soluções viáveis e práticas, confessamos, mas não tão avançadas (ou profissionais, se pretenderem) que permitam um relaxamento total.

Há máquinas fotográficas à prova de água. São mais caras e, por norma, são soluções compactas. Há quem use as actioncam para fotografar visto que estas estão desenvolvidas e testadas para os ambientes mais … molhados. Mas não tiram fotografias com a mesma qualidade.

Se forem como nós, exigentes, terão alguma dificuldade em aceitar o resultado final. Ou usam uma solução tipo Aquapac (já referidas aqui e aqui na FotoGuru) ou têm de elevar a fasquia. Um housing para uma DSLR facilmente chega aos 1.200€ (os mais baratos). Caso mudem de lente, considerem a necessidade de um housing novo.

Pois bem, nós andamos há já uns largos anos a namorar uma solução e chegamos finalmente à fala com eles. Outex é o nome que se pretende que venha a ser conhecido.

Outex

A Outex é uma marca americana que desenvolveu um sistema de total impermeabilização para câmaras fotográficas. De uma forma muito simples, é um “saco” em silicone, com um conjunto de sistemas de fecho que impedem qualquer impureza de entrar. Água, lama, areia, … tudo o que possa danificar o nosso material fica do lado de fora. As lentes são cobertas por uma solução desenvolvida com recurso a vidro ótico eliminando qualquer distorção. O corpo (housing), como referido, é em silicone ultra resistente. Lavável no final de cada utilização, impede que qualquer areia possa danificar o material.

 

fotografar-mundo-subaquatico

 

Os acessórios são da mais variada espécie. Tal e qual no mundo exterior, é-nos possível utilizar tripés, flash, fita, conjuntamente com uma configuração Outex. O mundo subaquático é maravilhoso. Não só o mar, mas piscinas, rios, riachos… Há muita cor e diversidade que vale a pena registar.

Imaginem vocês, os mais arrojados e os profissionais, fazer um registo subaquático de maternidade. Uma sessão de noivos… Todos sabemos que é na diferença que pode estar o sucesso. A diversidade leva-nos às bocas do mundo. Explorar o meio subaquático pode ser o caminho!

A galeria seguinte ilustra um pouco do que se pode fazer, recorrendo a um sistema deste género. Todas as fotografias foram retiradas do Facebook da Outex Brasil, pelo que os créditos estão garantidos…

 

 

Estamos num pedaço de terra à beira mar plantado! Porque não utilizarmos os recursos disponíveis? Porquê afastarmo-nos do mar (da água, do mundo subaquático) quando pode ser esse o nosso caminho? Os desportos náuticos carecem de registos diferenciados. Entrem na água, fotografem junto dos surfistas (em segurança, obviamente). O remo, kayak, os próprios veleiros… Quem os tem, à partida, tem dinheiro para pagar uma sessão fotográfica.

 


 

Outex está no mundo e em breve, esperemos que consiga canalizar alguma força comercial para este pequenino país, cheio de potencialidades.

Os preços são altos, temos de confessar. Contudo, ficam muito aquém dos praticados pelas tradicionais soluções existentes no mercado. A segurança do equipamento é algo que não podemos descurar e é preferível gastar umas centenas de Euros (em detrimento de uns milhares) em proteção, para não termos de remediar.

Consultem a loja da Outex e percebam quanto vos poderá ficar uma configuração para a vossa câmara. Por cá, já fizemos a nossa encomenda e aguardamos a sua chegada. Escusado será dizer que vos espera um outro artigo de revista ao material, à sua utilização e à habituação necessária. Sem cortes, sem censura, estamos cá para vos ajudar a escolher sempre a melhor solução.


Artigos que podem interessar

2 Comentários

    Deixe um Comentário