Blog OPINIÃO

Quanto preciso de gastar para me iniciar na fotografia? ZERO!


Tempo de Leitura: 2 minutos

Uma das principais questões que nos colocamos, antes de nos iniciarmos na fotografia é “Quanto é que isso me custa?”. Por muito que seja verdade, a fotografia é um hobby caro, mas por outro lado, para começar, precisamos de investir… ZERO!

Vamos começar por desfazer equívocos e desmistificar o título deste artigo. Sim, é preciso gastar dinheiro para nos firmarmos profissionalmente na fotografia. Sim, o material fotográfico é bastante caro. … e Sim, é possível começar a fotografar com um investimento de ZERO. EU explico!

Quantos de nós/vós tem um smartphone? Quantos smartphones têm câmara fotográfica? Pois bem, o caminho é mesmo esse. É lógico que um smartphone não substitui uma câmara fotográfica ou algum destes produtos deixava de fazer sentido existir. Mas é verdade que, mesmo nas câmaras fotográficas, os modelos diferem e a qualidade do resultado também. O cenário é o mesmo…

Uma câmara fotográfica tira … fotografias. Um smartphone também. São vários os artigos que escrevi onde se enaltece a capacidade fotográfica dos smartphones, bem como alguns trabalhos profissionais que já começam a ser realizados com este pequeno dispositivo. Ele é casamentos, sessões de retratos ou até mesmo uma sessão fotográfica a um Alojamento Local.

Pega no teu smartphone, liga a câmara fotográfica e começa a disparar. Deves, contudo, começar a ter em atenção os pormenores técnicos do modelo que tens de modo a tirar o melhor partido. Os novos smartphones já têm controlo manual, já exploram a profundidade de campo, mas mesmo que uses um mais antigo, se (te) aproximares do objeto que queres fotografar, terás forçosamente o “fundo desfocado”. Bem ou mais, mais ou menos, o resultado está lá.

Outra limitação que deves contornar é a capacidade de zoom. Esquece o zoom digital… O smartphone permite-te fotografar com um investimento igual a zero, mas deves ter consciência das suas limitações. Tudo o que é executado por software perde em comparação com o “real”. Se queres zoom, aproxima-te do objeto. Nunca, em tempo algum, o zoom dos smartphones traz uma imagem nítida.

Fotografar à noite ou com pouca luz é algo que não vai ser possível, tal como fotografar uma criança que corre enquanto brinca. Sim, podes tirar a fotografia para memória futura, mas nunca a vai conseguir usar para um trabalho pago ou nem mesmo para o teu portefólio.

Fotografar a custo zero é possível e não é tão descabido como inicialmente possas pensar. Poderá até trazer-te uma vantagem extra; talvez tenhas de perder algum tempo a ter de planear cada fotografia. Esse deve ser um hábito que deves manter, mesmo depois de evoluíres e comprares o teu material mais caro. Enquanto isso, fotografa sem gastar dinheiro, pratica com o que tens e, acima de tudo, conhece os limites do teu equipamento.

Ler também


Artigos que podem interessar

2 Comentários

Deixe um Comentário

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia