Blog INSPIRAÇÃO

Manual de Etiqueta: Como não se Comportar


Tempo de Leitura: 2 minutos

O fotógrafo tem como objetivo captar a inocência e a realidade das ocasiões. Situações há em que é preciso “etiqueta” e saber estar…

Apanhar alguém distraído é, por vezes, a forma de captar o verdadeiro “eu” de quem fotografamos. Saber reconhecer o nosso espaço e a forma como devemos encarar cada situação, faz parte do nosso trabalho. Um casamento ou um batizado são ocasiões especiais onde nos devemos comportar. Existe, embora não oficial, um código de de etiqueta que deve ser seguido.

O referido código não é mais que o que deve ser seguido por todos os comuns mortais. Não está oficializado, nem tão pouco é destinado (apenas) aos fotógrafos. Há anda quem lhe dê outro nome e lhe chame… Educação!

Tirar macacos do nariz” ou “andar à porrada em cerimónias” não são de todo situações aconselháveis. Fica mal, além de ser prejudicial par o evento. Em caso de cerimónias, toda a tenção deverá estar centrada nos protagonistas. Noivos ou crianças, são eles que devem ser o centro das atenções; não os fotógrafos. Ainda por cima pelas piores razões.

Numa outra perspetiva, todos apreciam os famosos vídeos de “apanhados”. Pessoas normais, em situações normais, que agem de forma pouco provável. Neste sentido, e nós enquanto fotógrafos estamos sempre com a câmara em riste, sentimos algum prazer em captar estes momentos menos felizes para os intervenientes. Então se do outro lado da câmara estiver um colega de profissão, parece que o gosto aumenta…

Assim, e para terminarmos esta semana em beleza, encontrei pelos meandros da internet um vídeo de fails protagonizado, nada mais nada menos que, por fotógrafos. São situações que, por “falta de jeito” ou por falta de bom senso, dão resultados hilariantes. São cerca de 6 minutos de uma compilação de videos (uns verdadeiros, outros forçados) que nos ajudam a preparar este fim de semana.

 


Artigos que podem interessar

Sem Comentários

    Deixe um Comentário