Blog GUIAS RÁPIDOS OPINIÃO

O Início é Sempre Complicado. 5 Dicas de Ouro

inicio-atividade

Tempo de Leitura: 2 minutos

Qualquer início de atividade é complicado. A fotografia não é diferente das outras atividades profissionais. Assim, deixamo-vos 5 dicas de ouro para o vosso começo.

“A fotografia requer prática” é talvez das frases que mais vezes escrevemos. Não é à toa, mas sim porque é uma verdade inegável. Contudo, para iniciarmos a atividade de uma forma (mais) profissional, temos de ter em atenção outros cenários, pouco ou nada relacionados com a fotografia, que devemos controlar. Para o vosso início, atentem a estas 5 dicas:

Preparação Financeira

Como qualquer outro negócio, o conforto financeiro vai ser afetado pelo início de uma atividade profissional. Mesmo que tenham já alguns clientes, viver da fotografia é diferente de fazer alguns trabalhos como freelancer. Haverá certamente investimentos que terão de fazer (em publicidade, marketing ou até mesmo em questões legais de abertura de atividade) que poderão ser vossas inimigas. Além disso, o volume de trabalho vem com o tempo. Criem um pé de meia com alguns meses de antecedência para minimizar estes (e outros) imprevistos.

Local de Trabalho

O fotógrafo trabalha em qualquer lado. Fotografa ao ar livre, em estúdio ou improvisa um cenário de acordo com as necessidades. Mas não nos podemos esquecer do “outro” trabalho. Há que preparar as fotografias para entregar ao cliente, colocar publicações online e alimentar o site. Há que fazer contactos e responder a emails… Estas tarefas requerem um ambiente dedicado, neutro, que nos permita concentração e melhor aproveitamento do tempo. Não pensem que, no início, poderão fazê-lo no sofá da sala… Rapidamente percebem que não terão as melhores condições.

Despesas Fixas

O início de uma atividade profissional requer gastos fixos que não existem no caso de trabalharmos para outrem. Contas como rendas (nem que seja o aluguer esporádico de um estúdio ou de algum equipamento), telemóvel ou internet móvel devem ser ponderadas e consideradas para o cálculo do rendimento líquido. Não basta gastar muito se as despesas forem igualmente elevadas.

Disciplina

A liberdade de horário e a falta de controle imposta pela hierarquia empresarial podem ser um dos principais inimigos. Lembre-se que, neste caso, se não trabalhar não recebe. Por outro lado, quanto mais der de si, melhor será retribuído. No final, vai ver que trabalha muito mais do que quando estava a trabalhar para um patrão. No início será razão para desânimo, mas rapidamente percebe que foi a melhor escolha.

Networking

Quem não aparece, esquece! Tenha cuidado com o “desaparecimento” social! Não se esqueça que a grande rede contatos que tem só evolui se a continuar a alimentar. Mantendo-se ativo no meio será lembrado e, provavelmente, referenciado por amigos para novos trabalhos.


Artigos que podem interessar

Sem Comentários

    Deixe um Comentário