GUIAS RÁPIDOS

Gambiarra: 8 acessórios não fotográficos


Tempo de Leitura: 5 minutos

A fotografia está presente em quase todo o lado, em qualquer circunstância. Com a utilização massiva dos smartphones, temos uma forte probabilidade de registar uma memória que, de outra forma, poderia ser mais difícil. A simplicidade do aparelho, a rapidez para preparar a câmara fotográfica e a versatilidade do equipamento fazem de um dispositivo “não fotográfico”, algo útil para a fotografia. Os brasileiros usam o termo “gambiarra” que me parece adequado e é sobre o que pretendo falar hoje.

Gambiarra pode também querer fazer referência a improviso… O que pretendemos aqui é abordar a adaptação, a utilização de objetos não fotográficos para a execução da fotografia. Neste caso, o smartphone serviu apenas como exemplo, não o considerando eu uma gambiarra. Neste caso, o smartphone – e para o âmbito da FOTO GURU – é tão máquina fotográfica como uma máquina fotográfica.

 

GPS

O GPS é conhecido por todas as razões e mais algumas. Inicialmente tido como um objeto de luxo, é hoje um instrumento de trabalho ou uma mera utilização do smartphone durante uma viagem casa-trabalho. Hoje só não tem um GPS quem não quer… Com o preço e a versatilidade dos smartphones, com os pacotes de dados associados às assinaturas mensais, o GPS sai praticamente de borla. Para a fotografia o GPS pode assumir duas funções (ou cumprir 2 propósitos): a localização e a marcação exata do local onde cada fotografia foi captada e a ajuda no acesso a locais distantes.

GPS

GPS

Nível

Um utensílio insignificante e praticamente de borla que pode salvar algumas horas em frente ao computador. Pessoalmente abomino fotografias “tortas”, mas não consigo tirar fotografias totalmente niveladas à primeira. A utilização de um nível ajuda a minimizar os desvios de “equilíbrio” da fotografia e, sendo usado apenas com recurso ao tripé, a aquisição de um nível não deixa de ser uma excelente aposta.

nivel

Nível

Lanterna

O ato de fotografar pode levar horas. Horas a registar momentos mágicos na Natureza ou simplesmente horas à espera de um determinado momento ou condição atmosférica para o registo da imagem. Ainda assim, e mesmo que o processo fotográfico possa ocorrer totalmente com luz natural, pode haver a necessidade de recorrermos à luz artificial para regressarmos a casa ou procurarmos um objeto perdido. No caso do light pain pode ainda assumir um maior protagonismo. Estes produtos podem ser adquiridos online ou em qualquer loja de desporto como a Decathlon, por exemplo.

lanterna

Lanterna

Adaptadores de Corrente

Esta não é para todos nem certamente para todas as ocasiões, mas se formos de viagem é uma peça essencial. Sem ela poderemos nem sequer fotografar pois pelo mundo fora, os encaixes das tomadas elétricas podem ser diferentes. Nesse sentido, ter sempre à mão um adaptador de corrente pode salvar-nos uma viagem ou, pelo menos, alguns euros na compra de um adaptador novo.

power-adapter

Adaptador de corrente

Garrafa térmica

A hidratação deve ser uma preocupação geral e por vezes vemo-nos em situações onde não temos nada para beber, a não ser produtos de consumo, cheios de açúcar, químicos e componentes artificiais. Uma água fresca, um sumo natural ou um chá, numa garrafa térmica, conserva as propriedades durante muito mais tempo. Uma bebida fresquinha no verão ou uma quente de inverso são o consolo para muitas situações. Imaginem-se de inverno, a fotografar os rastos das estrelas… Brrrrrr!!!! Que frio!

termos

Garrafa térmica

Repelente para insetos

Nada incomoda mais que o zumbido dos mosquitos. De verão, dão-nos terrores e impedem-nos de mantermos a sanidade mental. No caso dos fotógrafos, quando em busca de uma espécie animal existente no meio do mato, este utensílio pode ser o nosso melhor amigo, permitindo-nos reduzir ao tamanho das roupas (já podemos usar calções e manga curta, se for o caso) pois temos a pele protegida contra esta praga.

repelente

Repelente para insetos

Indumentária

Parece óbvio, mas é importante que o fotógrafo esteja preparado para o que vem a seguir. Se a sessão se pode alongar pela noite, não esquecer um agasalho; se vamos para perto do mar ou do rio, convém termos uma proteção impermeável; mas se vamos fotografar vida selvagem, então é lógico que um camuflado é algo que deve ser considerado como fato ideal.

camuflado

Camuflado

Armazenamento externo

Não vá às vezes termos a necessidade de formatar o cartão de memória ou de gravar as fotografias num dispositivo externo, por falta de espaço, convém ter para onde fazê-lo. O melhor exemplo é sempre o das viagens que, à semelhança dos adaptadores de corrente, ilustram bem a necessidade de estarmos precavidos. Contudo, e porque nem todos os discos externos o permitem, por vezes temos de recorrer à utilização de um computador o que, em termos de mobilidade e portabilidade não é muito bom. Assim, convém escolher uma solução que nos permita gravar os ficheiros para o disco externo de forma totalmente autónoma. Vejam o WD Passport

2885262347_b68eef6e48_z

Armazenamento externo

 

Conheces mais alguma gambiarra digna de referência?

 


Artigos que podem interessar

1 Comentário

Deixe um Comentário

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia