Blog OPINIÃO

Porquê Fotografar com os Dois Olhos Abertos?

fotografar-olhos-abertos

Tempo de Leitura: 2 minutos

A maioria dos fotógrafos utiliza apenas um olho para fotografar. Coloca-o no monóculo e dispara. Mas porque não fotografamos nós com os dois olhos abertos? Será mais vantajoso?

De tantos fotógrafos com quem conversamos, ainda mesmo de pensarmos em criar este blog, apenas um nos referia a importância (mais a vantagem) de fotografar com os dois olhos abertos. Luis Lopes, fotógrafo de desporto a quem tivemos o gosto de entrevistar (ainda na primeira série de entrevistas), puxa dos galões e explica.

A fotografia é o momento. Nem um frame antes, nem um frame depois. No mundo do desporto, onde tudo acontece em frações de segundos, saber o que vai acontecer a seguir pode decidir uma boa fotografia. Obviamente que, dependendo do desporto, muitas situações não conseguem ser imaginadas, vejam-se as fintas do Cristiano Ronaldo, por exemplo. Ainda assim, manter os dois olhos abertos, pode ajudar-nos a perceber o próximo passo. Um adversário ou obstáculo ou uma saída de rota pode obrigar a uma queda, despiste ou uma manobra de correção. Tudo que seja fora do normal dá, por norma, uma boa fotografia.

Se usamos apenas um olho para fotografar, fechando o que fica “de fora”, não elimina a captação de bons momentos. Ainda assim, se usarmos os dois olhos, tudo pode ficar mais facilitado.

Se, noutro registo, estivermos a fotografar pessoas, um casamento, batizado ou outra cerimónia ou evento, o contacto pessoal cria maior proximidade. Ao colocarmos as pessoas mais à vontade, conseguimos captar poses mais naturais. O resultado final revela-se mais pessoal, mais apaixonante.

Existirá um período de adaptação, até para o fotógrafo, uma vez que tendo os dois olhos abertos requer treino para o cérebro. Necessitamos estar mais atentos para distinguir o que está a ser fotografado e, por outro lado, assimilar as movimentações do meio envolvente. Ainda assim, experimentem e digam-nos qual o vosso veredito. O processo de habituação exigido trouxe-vos vantagens ou foi uma perda de tempo?


Artigos que podem interessar

Sem Comentários

    Deixe um Comentário