Blog REVIEWS

Edição Fotográfica sem Precisar de um Computador


Tempo de Leitura: 2 minutos

Já perdemos as vezes que defendemos que uma fotografia só está finalizada após a sua edição. Mas como podemos arranjar a fotografia sem aceder a um computador?

A arte fotográfica é, para nós, muito mais do que simplesmente clicar no botão. Antigamente, antes do digital, as fotografias era reveladas conforme eram captadas, sem qualquer edição. Os mais astutos e conhecedores, lá iam dando um jeito no quarto escuro, mas não era para todos. Hoje, com o acesso às novas tecnologias, qualquer um pode corrigir pequenos erros provenientes da captação. Uma mancha de sujidade, um melhor enquadramento, um zoom, … o que quer que seja…!

Rapidamente se tira o cartão de memória da máquina fotográfica e, no computador, fazem-se os retoques finais antes de entregar o trabalho ao cliente. Mas com a evolução tecnológica e com a exigência de mobilidade a que estamos muitas vezes sujeitos, como ultrapassar a obrigatoriedade de utilização de um computador? Pode não pesar muito, até porque os portáteis vieram dar uma grande ajuda, mas é sempre mais um peso. É a bateria que tem de se carregar, é o facto de não caber em muitas mochilas de material fotográfico ou simplesmente porque é um trambolho que não queremos levar connosco.

Gnarbox (leia-se narbox) é já uma realidade. Falamos neste pequeno gadget quando apresentamos as nossas propostas para o dia do pai do ano passado (2016). na altura ainda era um conceito em vias de consolidação, mas agora é uma realidade.

Gnarbox

Will Africano, COO da Gnarbox afirma que esta pequenina caixa vem mesmo substituir o computador. Quer seja para simplesmente fazer o backup dos ficheiros à edição de fotografia e vídeo. Tem interfaces genéricos que permite ler cartões SD e micro SD, para além de 3 portas USB (versões 2 e 3) onde podemos ligar outros dispositivos externos tais como um leitor de cartões CF. O sistema funciona através de uma rede wireless que, ligada ao smartphone ou a algumas câmaras fotográficas permite a transferência imediata dos ficheiros. Uma das considerações importantes é o facto de aceitar ficheiros RAW…

Não! o Gnarbox não é um micro computador. Não tem teclado nem monitor. Mas então como fazemos a edição fotográfica? Simples; … através do nosso smartphone. Mas é à prova de água (não convém mergulhá-lo no mar, mas está protegido de um copo de água que se entorne | norma IP65), de choque e de pó. Ideal para uma viagem a qualquer ponto do mundo.

Infelizmente esta solução não está ainda disponível em Portugal pelo que, se pretenderem a representação poderão contactar diretamente a marca. As compras podem ser feitas online, na Amazon ou no site oficial. Enquanto isso, por cá, esperamos que a Gnarbox nos possa disponibilizar um exemplar para testes e review.


Artigos que podem interessar

Sem Comentários

    Deixe um Comentário

    Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia