Blog OPINIÃO REVIEWS

Capture Lens para o conforto e rapidez

A fotografia tem muito que se lhe diga. Não apenas em questões técnicas, mas também em todo um envolvimento extra para o qual temos de estar preparados. Há empresas que se dedicam à criação e desenvolvimento de equipamentos fotográficos. Outras preferem os acessórios. A Peak Design, nesse campo, tem o Capture Lens.

 

Os acessórios podem fazer muita diferença na altura de fotografar. Não basta tem uma mala XPTO ou um enorme set de lentes se, na prática, tudo é muito pouco funcional. Quando vi pela primeira vez o Capture Lens da Peak Design fiquei maravilhado. É certo que, por definição, sou um apaixonado pela marca e pelas suas criações, mas depois de ter tido a possibilidade de experimentar alguns produtos, a coisa fica ainda mais séria.

Por altura do anterior artigo “Um corpo para duas lentes” foi rápida a resposta da Lens Flipper em demonstrar o agradecimento sobre o tema. Curiosamente partiu para o ataque informando-me que a Peak Design lhes teria copiado o produto e que o deles sim, era o original… Rapidamente avancei com contactos para a Peak Design a solicitar amostra para teste e review, esperando que a Lens Flipper me enviasse o deles para comparação. O processo decorreu dentro da normalidade, mas apenas me chegou às mãos o daPeak Design. Ao que parece, o da Lens Flipper terá ficado retido na alfândega e, do nosso lado, não tivemos o acompanhamento necessário para a resolução do problema. Supostamente era necessário um conjunto de documentos. Esses documentos deveriam ser facultados pela Lens Flipper que, simplesmente, deixou de nos responder aos emails…

Roupa suja à parte, lá chegou a oportunidade de experimentar oCapture Lens. De mochila às costas, lá fui eu fotografar mais um concerto. Já é habitual e para quem tem apenas um corpo, a troca de lentes é inevitável. Pouca luz, um joelho no chão e usa-se o outro para pousar a máquina, lente e proceder à troca de objetivas. Naquele dia era diferente. Continuava sob pressão, com a agravante de testar um equipamento ao qual não estava habituado.

capture-lens

 

Por muitos testes que tivesse feito em casa, no terreno é que temos a noção do quão realmente são importantes os acessórios. Também sei que sou um pouco tendencioso, mas é certo que a troca de objetivas se torna realmente muito mais fácil tendo um equipamento destes. Aparentemente frágil, o Capture Lens aguenta bem com uma Canon 16-36 e uma Canon 70-200. Pela diferença nas estruturas das lentes, o desequilíbrio no peso é um fator a ter em conta, mas o “problema” aqui é das lentes e não do clip. Ainda assim a experiência foi bastante positiva.

O produto é de fácil utilização e pode ser usado em conjunto com o Capture Pro, que já aqui falei no artigo da “Peak Design“. Para a rotação do Capture Lens é apenas necessário puxá-lo um pouco para fora. Ao soltar-se ligeiramente, é possível rodá-lo. Para a esquerda ou para a direita, colocando-o na horizontal ou vertical, este acessório foi pensado para agradar a todos e em todas as circunstâncias.


 

Não há dúvida que estes senhores não deixam nada ao acaso. Tivesse eu a possibilidade de experimentar o clip da Lens Flipper e teria percebido melhor a grandeza deste produto. Desculpem-me, mas dificilmente acredito que há um melhor que este.

 

NOTA: este post não é patrocinado. Tudo o que aqui está escrito é fruto da minha experiência (atual e passada) com os produtos da marca. Tivesse eu capacidade de ser embaixador Peak Design para Portugal…

Artigos que podem interessar