Blog GUIAS RÁPIDOS OPINIÃO

7 formas de ganhar dinheiro (fácil) com a fotografia


Tempo de Leitura: 4 minutos

Ganhar dinheiro é o objetivo de todos. Mesmo encarando a fotografia como um hobby, não há quem escape à vontade de lucrar. Angariar um valor extra, nem que seja para as despesas mais imediatas, é sempre tentador.

Muitas são as formas e as oportunidades de ganhar dinheiro. A fotografia não foge à regra e capacita-nos de uma forma diferenciada de chegarmos onde outros caminham através de um esforço maior. A grande vantagem da fotografia é conseguirmos lucrar enquanto nos divertimos fazendo o que gostamos.

Este artigo pretende apresentar-vos 7 formas de lucrar com a fotografia. Obviamente que nem todas as opções são válidas para todos, mas aos que se identificarem com cada forma é uma ajuda…

youtube

O youtube é atualmente a rede social de excelência. É a mais fácil de usar e a que requer menos trabalho. Com uma simples câmara, que pode perfeitamente ser o telemóvel, gravamos “episódios” isolados, subordinados a um determinado tema. No nosso caso, a fotografia é o tema de interesse comum.

Há algumas premissas que precisamos preencher antes de começar a lucrar com o youtube. Uma delas é a quantidade mínima de visualizações que, só depois de atingida nos traz o benefício financeiro.

Quantas mais visualizações, mais “clientes” o youtube tem. Nesse sentido, ganham eles com a publicidade, valor esse que nos permite receber uma fatia percentual do lucro.

Com um tema e vários assuntos de elevado interesse, a adesão do público em geral aumenta. Com ele aumenta a vossa projeção e a vontade de continuar. De uma forma cada vez mais profissional, rapidamente vemos “curiosos” a fazer vida no mundo online.

stock photography

A venda de fotografias é a primeira coisa que nos vem à ideia. Vender é difícil quando não sabemos o que os clientes querem. Contudo, com a stock photography, temos liberdade criativa.

Como se costuma dizer “há sempre um testo para cada panela” e, nesse sentido, haverá sempre quem esteja disposto a trocar dinheiro por uma imagem. Nunca sabemos quem são os clientes; nem sempre são os mesmos! Assim, quantas mais fotografias tirarmos e disponibilizarmos online, maior a probabilidade de venda e, por conseguinte, de lucro.

É certo que o lucro por fotografia é reduzido. Ainda assim temos a possibilidade de conseguir vender fotografias que, mesmo para nós, possam parecer de pouco interesse. Vários são os sites de venda de fotografias online mas os mais conhecidos são o shutterstock, o istockphoto, o pexels, … entre outros.

Cada um atua de forma distinta e requer configurações próprias, mas no final o objetivo é comum. Disponibilizam-vos uma banca de venda de fotografias e cobram uma percentagem da venda. O resto é para o fotógrafo.

Impressões

A impressão de fotografias é um nicho. Nem todos estão dispostos a gastar dinheiro em posters, mas há sempre quem o faça. A melhor forma de selecionarem as fotografias para disponibilizar um serviço de impressão é através das Redes Sociais. Usem os vossos perfis de facebook e instagram para analisarem as imagens que tiveram mais gostos. Serão essas, à partida, que terão maior probabilidade de serem vendidas.

Contactem uma empresa local (ou online) de impressão que vos preste o serviço. Usem o vosso site, ou uma plataforma online, para criar uma loja. A cada encomenda corresponderá um pedido de impressão e, por conseguinte, o lucro.

Google Ads

Uma vez quer têm, ou passam a ter, um site, a utilização de artefactos legais para angariação de fundos passa a ser uma outra possibilidade. O google disponibiliza uma ferramenta que usa o espaço no vosso site para publicidade. É publicidade colocada pelo próprio google, que se aproxime do vosso público alvo. Por cada visitante que clique em qualquer um dos banners disponíveis, o google paga-vos uma percentagem.

À semelhança dos métodos anteriores, não teremos a possibilidade de angariar um grande valor de vez. Por outro lado é preferível várias “migalhas” a um “pão de tamanho normal”, se é que me fiz entender. Se um dos métodos falhar ou se tiver com menos resultados, os outros permitem manter o equilíbrio financeiro proveniente deste exercício.

Fotografia tradicional

Na fotografia tradicional incluímos tudo o que são serviços fotográficos. Sessões de maternidade, bebés, casamentos, batizados ou outros eventos sociais. Caso tenham a possibilidade de ganhar dinheiro a fotografar um concerto ou uma palestra, …. qualquer evento é razão para ser registado.

Há uma certa sazonalidade nos eventos. No Verão temos mais casamentos do que no Inverno; a Primavera é sujeita à comunhões, e por aí fora. Estando cientes do tipo de trabalhos que podemos fazer, conseguimos programar melhor o nosso calendário.

Networking

aqui falamos na importância do networking. Nunca sabemos quando um amigo de um amigo não precisa de um serviço fotográfico. Muitas das vezes, nem os próprios amigos mais próximos sabem o que fazemos profissionalmente. Assim, nunca descurem qualquer oportunidade de se venderem e venderem os vosso préstimos.

O passa a palavra continua a ser a melhor publicidade, apenas o nome é que muda e se adapta aos tempos mais modernos.

Aluguer de equipamento fotográfico

Por último, aluguem o vosso equipamento. Em conjunto ou separadamente, há sempre quem precise de uma segunda câmara ou de uma objetiva para uma sessão e não esteja na disposição de comprar. Até porque há situações em que as necessidades são pontuais, não há retorno no investimento feito na aquisição de material novo.

É uma outra forma de ganhar dinheiro e de rentabilizar o que não está a ser utilizado. Consultem as empresas de aluguer de equipamento e percebam que os serviços deles são profissionais. Depois, avaliem a oferta de cada um (deles e vossa) e façam um preço que compense alugar a um particular.

Lembro que empresas como a Digital Azul e a Fragmáticos estão no mercado e vivem disto. Se assim é, é porque há mercado para tal.

 

 


Artigos que podem interessar

Sem Comentários

    Deixe um Comentário